Adotar um animal exige responsabilidade e recursos financeiros

Os adotantes devem avaliar se estão dispostos a assumir um compromisso sério e longo antes de acolher um animal em sua casa. Atualmente a expectativa é que os animais domésticos vivam mais de uma década, o que representa muitos anos de cuidados com a saúde, incluindo alimentação, consulta no veterinário, banhos, abrigo seguro, etc.

É necessário oferecer amor e carinho, além de investir parte do tempo em brincadeiras e passeios. Os cães necessitam de estimulo do tutor para realizarem atividades que gastam sua energia e impedem que fiquem entediados e consequentemente obesos, informa Vininha F. Carvalho, editora da Revista Ecotour News ( www.revistaecotour.tur.br).

Um cão feliz não fica estressado. Já um animal desequilibrado alterna momentos de grande agitação e depressão, levando-os a destruir móveis e objetos e fazer as necessidades fora do local adequado. Ele late muito e lambe as patas compulsivamente, chegando até mesmo a se machucar.

Uma das grandes dificuldades de se ter um animal de estimação, é saber identificar os sinais que eles emitem quando não estão bem. Muitos acreditam que o único indício é quando se percebe que estão quietos demais, sem coragem para andar. Mas nem sempre esse é o fator que determina se o animal está bem ou não.

O animal com saúde tem olhos com aspecto natural, vivos e brilhantes. O focinho deve estar sempre úmido e frio, pois quando seco e quente, pode ser um sinal de febre. Perda de apetite é um sintoma que pode ter consequências graves se não tratadas a tempo. A atenção diária faz toda a diferença para manter o animal saudável, afirma Vininha F.Carvalho.

A pelagem deve apresentar sempre um aspecto uniforme e sem falhas. A troca de pelos acontece duas vezes por ano, no início do inverno e do verão. Mas, é importante ficar atento para descobrir se há a presença de parasitas, nódulos ou verrugas grandes, uma vez que, caso existam, devem ser checadas pelo médico veterinário imediatamente.

Para manter um cão é preciso disponibilizar de recurso financeiro para garantir os gastos com ração, veterinário e vacinas e também ter sempre uma reserva para situações de emergência. Todo animal merece uma atenção especial quando o assunto é alimentação. Afinal, é através dela que a qualidade e expectativa de vida aumentam. Vegetais e frutas devem fazer parte desta dieta. Vitaminas e minerais na medida certa possibilitam uma vida mais saudável.

Ter um animal de estimação em casa implica em responsabilidade, por isso é sempre importante ter consciência que ele jamais poderá ser abandonado à própria sorte. As pessoas devem refletir muito bem antes de optar pela adoção. Mas, a recompensa será gratificante, ganhará um grande amigo, fiel e capaz de oferecer o amor incondicional, conclui Vininha F. Carvalho.

Lembre-se : 4 de outubro é o Dia Nacional de Adotar um Animal

Website: http://www.revistaecotour.tur.br

Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews

Deixe uma resposta