Aprenda como alimentar corretamente seus animais de estimação

Dicas importantes podem ajudar seus animais de estimação a terem a saúde em dia

A alimentação equilibrada de um animal é tão importante quanto a de um ser humano. Assim como as crianças, adultos e idosos, os cães precisam de vitaminas, minerais e nutrientes como proteínas, gorduras e carboidratos, o que possibilita uma excelente condição corporal e uma vida saudável.

Porém, dúvidas sobre esse tema são comuns entre os tutores. Qual a quantidade ideal, qualidade dos nutrientes oferecidos, tipo de ração – seca, úmida ou ambas? O que de fato é correto?

O empresário Gabriel Forechi da Vida Animal Vila Velha esclareceu que as ração para pets apresentam os principais nutrientes necessários em uma refeição, que são as proteínas, as vitaminas, os carboidratos, as gorduras e os minerais. Seja seu pet adulto ou filhote, cão ou gato, sempre há uma ração adequada que respeita o porte e a raça do animal.

É muito importante que seu animalzinho faça as refeições no horário certo. Cães e gatos têm hábitos diferentes de se alimentarem. Os gatos têm preferência por ração e não têm uma hora certa para comer, por isso, deixe sempre disponível uma tigela cheia de ração seca para os bichanos.

Os cachorros geralmente comem duas vezes ao dia, na hora em que se coloca a ração ou à noite. Mas cuidado com o apetite dos peludos, pois, eles gostam de alimentação humana que não contém os nutrientes suficientes e ainda pode fazer mal.

– Fique atento! as necessidades nutricionais de seu pet não são necessariamente as mesmas que a sua. Portanto, é necessário fornecer rações específicas, obedecendo espécie; raça; porte e condição de saúde dos animais.

– De olho no pacote! para ter certeza que todos os nutrientes sejam fornecidos em quantidade adequada, siga sempre as recomendações da tabela de racionamento. A tabela se localiza na embalagem da ração. Oferecer alimento em excesso é frequentemente a causa de sobrepeso.

– Petiscos como premiação precisam ser oferecidos com moderação! Lembre-se, eles também contêm calorias! Apenas o Médico-Veterinário pode fazer a orientação nutricional mais adequada a fim de oferecer a quantidade calórica ideal para seu pet.

– Hummmm! o alimento úmido, quando completo e balanceado, pode ser oferecido sozinho ou em combinação com a ração seca. A mistura das texturas e aromas deixa o alimento ainda mais atraente para o animal.

– Faça a adaptação. Caso seu pet ainda não tenha a alimentação úmida como hábito, introduza em seu dia a dia de forma gradual, garantindo a adaptação do organismo.

– Devagar e sempre! Vai trocar a ração do seu pet por recomendação veterinária? Lembre-se de fazer a transição gradual também!

– Seja estratégico! posicione sempre o comedouro em local arejado e de fácil acesso, mantendo distância do tapete higiênico do pet. Dê preferência a áreas em que o pet gosta de circular.

– Água só faz bem! tenha sempre água filtrada e fresca disponível, fazendo sua troca diariamente. Ter mais de um bebedouro pela casa promove maior ingestão de líquidos.

Mesmo que uma alimentação correta seja fundamental para que seu cão ou gato cresçam saudáveis e felizes, lembre que também é importante:

  • Monitorar sua saúde com visitas periódicas ao veterinário.
  • Desparasitá-los e vaciná-los de acordo com as indicações do profissional médico.
  • Proporcionar um ambiente cômodo e limpo.
  • Estimular sua mente e mantê-los ativos com diferentes jogos.
  • Que tenham sempre água fresca à sua disposição.
  • Passear com eles (no caso de cães e de alguns gatinhos)

E lembre-se, na dúvida siga as orientações do Médico Veterinário.

Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews

Deixe uma resposta