Baixas temperaturas podem causar males aos animais

A falta de cuidados nesta época do ano pode causar doenças respiratórias

No inverno os cuidados com os animais de estimação devem ser redobrados, pois, assim como o ser humano, o frio e falta de cuidados podem causar doenças respiratórias.

A gripe canina é também conhecida como tosse dos canis, e se não tratada adequadamente evolui para pneumonia. O sintoma mais comum dessa doença é a tosse, muitas vezes confundida com engasgo, por isso, é preciso que o dono procure ajuda do especialista.

Já a cinomose afeta os cães, pois sua bactéria resiste facilmente ao clima frio. O vírus da cinomose fica mais tempo no ambiente, e o clima mais frio é favorável para o seu desenvolvimento, mas essa doença pode ser evitada com a vacinação.

Para evitar que os animais de estimação sofram com essas doenças, o aconselho é manter os animais agasalhados, providenciar casinha e cobertores e deixá-los longe do frio e da chuva.

Banhos
Uma dúvida constante entre os donos de animais é quanto ao banho, apesar do frio o banho pode ser dado, mas com alguns cuidados. Deve ser em água morna e assim que terminar é preciso enxugar o animal com o secador, depois não expô-lo ao frio, e deixá-lo em uma temperatura estabilizada, para evitar o choque térmico.

A orientação vale para os animais de pequeno porte, que convivem dentro de casa, como gatos ou cães de raças pequenas, já em cães maiores o banho pode ser adiado. Quanto à tosa, a médica recomenda que não seja feita nessa época. O pelo é uma proteção para o animal, por isso o dono deve programar a tosa antes do frio, pelo menos três meses antes.

Cuidados a serem tomados com os animais no inverno
Evite banhos em dias muito frios e diminua a freqüência de banhos no inverno (se possível)

Mantenha a pelagem do animal mais comprida no inverno, evitando tosas muito baixas

Coloque roupa no cão de pelagem curta, caso ele se ressinta muito do frio. Existem animais que tremem de frio exageradamente! Cães grandes e gatos não toleram roupas

Se costuma esfriar muito ou gear em sua região, sapatos protegem as patas do cão de queimaduras causadas pelo frio

Há cães que, embora tenham casinha, preferem dormir ao relento ou ficar na chuva… Prenda esse animal num local abrigado nos dias muito frios ou chuvosos

Vacine seu cão anualmente contra a traqueobronquite, se ele freqüenta locais com outros animais (pet shops, hotéis para cães, exposições)

Quando der banho em seu animal, use água morna e seque-o bem. Não deixe que ele saia na rua, no mínimo por 30 minutos após o banho. Isso vale, principalmente, para cães que tomam banho em pet shop, pois o secador é extremamente quente e haverá um choque de temperatura se ele sair no frio

Leve seu cão para passear na rua nos horários mais quentes do dia (das 11h às 15h

Aumente em 20 a 30% o alimento do seu cão/gato no inverno. Isso não vale para cães e gatos obesos, sem atividade ou com grande tendência a ganhar peso.

Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews

Deixe uma resposta