Cadelinha se recupera após 3ª secão de ozonioterapia na Pet&Cia

Bastante conhecida por adeptos de uma vida mais saudável e equilibrada, a ozonioterapia vem ganhando cada vez mais espaço no tratamento de doenças em animais humanos e não humanos. A terapia, que consiste no uso do gás ozônio puro misturado com o oxigênio por diferentes vias de administração, é utilizada há mais de 60 anos em países como Alemanha, Suíça e Cuba.

Recentemente a na clinica veterinária Pet&Cia em Vila Velha, ES a cadelinha Lilica é prova dos benefícios da ozonioterapia aplicados por pela ozonioterapêuta Drª Flávia Ortega que após sua terceira sessão saiu passeando por toda a clinica Pet&Cia emocionando a todos.

 

Confira no vídeo abaixo:

Um comentário na rede social Instagram chamou atenção: “Meus olhos encham de lágrimas ver este anjinho quase andando como Deus e perfeito e ter dado o dom a você Dra. Flávia..muito muito feliz de ver ela melhorando”..

Conforme a médica veterinária capixaba e ozonioterapêuta Flavia de Oliveira Luiz Ortega, a terapia com ozônio pode alcançar índices de até 90% de sucesso quando acompanhadas de um bom diagnóstico e indicações corretas.

“O ozônio é uma substância mesclada, constituída por duas moléculas de oxigeno e um átimo de oxigênio que é gerado pela máquina de plasma de ozônio, o que o difere daquele gás da camada de ozônio que nos mata quando inalado”.

“Claro, quando indicada e realizada e/ou orientada corretamente, por profissional médico, com formação adequada, assim como qualquer ato médico. É ainda um procedimento extremamente promissor pelo seu baixo custo de investimento e manutenção, facilidade de aplicação e resultados clínicos”.

Drª Flávia Ortega alerta também que há casos onde a ozonioterapia é mais bem indicada. Como para acelerar a cicatrização de feridas infeccionadas na geriatria em geral e todas as suas complicações como AVC, isquemia e cardiopatia. E também em casos de artrite e artrose, hérnias de disco, paresias (perda ou diminuição de motricidade), reabilitação fisioterápica, pós cirúrgica, dermatites gerais, sarnas, alergias diversas, insuficiência renal e hepática, câncer e infecções de repetição.

Primeira secção de Ozonioterapia na Lilica 

A médica veterinária confirma também que a terapia, quando realizada respeitando as normas de segurança e por um profissional treinado, pode ser aplicada em qualquer animal doméstico e alerta.

Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews

Deixe uma resposta