Com R$ 19 bilhões faturados em 2016 no Brasil, dicas para seu manter seu Pet organizado


Nos últimos anos, os pets ganharam status de membros da família e estão cada vez mais humanizados. Assim, não é de se estranhar que a cada dia surjam novos serviços e produtos voltados para os 52 milhões de cachorros e 22 milhões de gatos existentes no país, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com tantos animais de estimação, em 2016 o setor movimentou R$ 19 bilhões, de acordo com a Associação Nacional de Distribuidores de Produtos Pet. O carro-chefe do mercado pet ainda é a alimentação, que responde por 67,6% do faturamento. A segunda maior fonte de receita, que representa 16,4% do total, é o pet serv, que são os serviços em geral. Na sequência, higiene e acessórios (pet care), com 8,2%, e o pet vet (medicamentos veterinários), com 7,8%.

A projeção é da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação, que admite que houve impacto dos problemas econômicos do Brasil no setor, mas que ainda mantém a expectativa de crescimento.

A grande pergunta é: Apesar do mercado já estar bastante pulverizado, como fazer para se diferenciar da concorrência, já que estou disposto manter uma empresa sólida e vencer no ramo? Pensando nisso, listamos alguns desafios na gestão de um pet shop com dicas para manter o sucesso e garantir o crescimento do empreendimento.

Equipe da Casa do Criador Pet Center

Mantenha organizada a equipe de trabalho

Apesar do trabalho com animais ser gratificante, manter a organização e motivação da equipe de trabalho é um desafio para o empreendedor. Lembre-se que as pessoas precisam ser reconhecidas, e mesmo que este tipo de trabalho seja bacana, a sua equipe precisa estar engajada e atuando de forma eficiente.

Alguns pontos ajudam nesta missão, como o gestor ser acessível e saber ouvir, realizar reuniões entre as equipes dentro e fora do ambiente de trabalho, que deve ser leve e agradável, disponibilizar capacitações e treinamentos, reconhecer o bom desempenho e usar sistemas informatizados para facilitar o trabalho do pessoal.

Controle das finanças

Uma administração financeira deficiente leva a empresa à falência, por isso é necessário manter um controle com planilhas, gráficos e documentos. Todas estas ferramentas permitem que você possa comparar o desempenho do pet shop de um período ao outro e detectar possíveis falhas e pontos a melhorar. Para que este controle financeiro seja mais eficiente e eficaz, o uso de programas específicos para pet shops auxilia você a lidar melhor com os números, obtendo resultados mais fiéis.

Equipe SOS Pet Shop

Identificar as necessidades dos seus clientes

Não é porque você já está no mercado há um bom tempo que deve abrir mão de saber o que os seus clientes precisam da seu pet shop. Faça uma pesquisa entre eles, em tom de conversa, busque saber se estão satisfeitos com o serviço prestado e com os produtos vendidos. Insira a sua equipe nesta empreitada, solicite a colaboração de todos para sentir as necessidades dos clientes.

O mundo muda, as necessidades são alteradas, os clientes demandam mais opções de recursos. Tendo em vista estes aspectos, é fundamental que você esteja atento à forma como essas novas necessidades serão atendidas.

Sistematizar os processos

Com o dia a dia corrido, os avanços tecnológicos e o crescente desenvolvimento da tecnologia da informação, faz-se imprescindível contar com sistemas informatizados. A importância destas ferramentas está na praticidade e precisão na interpretação de dados, extremamente necessários para manter o funcionamento do pet shop. 

Imagine o tempo que você precisaria para preencher os dados dos seus clientes e dos pets se não fosse o auxílio de um sistema?

O empresário Lawreans Krobel Bacelar da Casa de ração do Alemão

Tornar o pet shop conhecido

Invista na divulgação da sua empresa, gerencie o Marketing com a mesma força e dedicação que você destina à área financeira.

Não abra mão das redes sociais

Quando o assunto é atrair clientes, a internet se torna a melhor amiga de um pet shop. Contudo, saber usá-la é essencial para extrair os melhores resultados e conseguir estar sempre um passo à frente dos seus concorrentes.

Para isso, existem algumas práticas que podem fazer toda a diferença: colocar anúncios em blogs, obter listas locais e online, tornar relevante suas postagens no Facebook, Instagram, Snapchat e por aí vai.

O empresário Hesio Braz Correa da Du Campo em Serra e o representante Pedro Sérgio

Crie eventos e distribua amostras grátis

Seu pet shop está investindo em uma nova linha de produtos para cães ou gatos? A melhor maneira de tornar essa novidade pública é distribuir amostras com o objetivo de incentivar a compra posteriormente.

Entretanto, ao contrário dos seus concorrentes, essas amostras podem ser divulgadas em eventos dentro do seu pet shop, incluindo feiras de adoção, palestras sobre comportamento, além de promotores que podem explicar o produto e distribuir as amostras.

Lembre-se de que esta pode ser a oportunidade perfeita para interagir com os clientes e mostrar outros produtos atrativos e inovadores. Só não se esqueça de divulgar seus eventos para atrair o maior número de animais e seus donos.

Para não deixar a peteca cair, é preciso prestar atenção na gestão e vencer os desafios e outros que se apresentarão com o tempo. Com dedicação e conhecimento de mercado e do seu cliente, metade do caminho para o sucesso do empreendimento já está traçado.

Qual Sua Reação? :O

Ruim Ruim
0
Ruim
Fofo Fofo
0
Fofo
Nerd Nerd
0
Nerd
LOL LOL
0
LOL
Amei Amei
0
Amei
Omg Omg
0
Omg
Triste Triste
0
Triste
Assustador Assustador
0
Assustador
Wtf Wtf
0
Wtf
Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews

Comments 0

Com R$ 19 bilhões faturados em 2016 no Brasil, dicas para seu manter seu Pet organizado