Cuidado com o Dr. Google veterinário ele não é confiável

O cachorro vomitou? O gatinho parece estar com febre? Não tem problema, é só correr ao Dr. Google! Consulta marcada, chegou a hora de recorrer ao “Dr.Google”, para não chegar ao médico veterinário desinformado. 

Uma plataforma que entrega informações em poucos cliques e até nos faz pensar como eram realizadas pesquisas rápidas antes dela existir. O Google e todas as suas funcionalidades otimizou o tempo e a vida das pessoas, mas, como para tudo, existe um limite para explorá-lo. O acesso à internet e o uso de buscadores potentes como o Google têm facilitado e encorajado alguns a tentarem o tratamento antes de gastar com o médico veterinário, o que é um erro. 

A automedicação, que, em alguns casos, pode complicar o caso e o diagnóstico, uma vez que, pode mascarar os sintomas, dificultando o trabalho do médico-veterinário.

O costume de procurar informações médicas e veterinárias na internet é mais comum do que se pensa, mas nem sempre tem seu lado positivo. Infelizmente existe o tutor net que acredita em tudo que está escrito na internet, participa de fóruns sobre determinados assuntos e questiona os profissionais quando tem oportunidade.

No caso específico da Medicina Veterinária, quando o animal de estimação tem algum problema ele busca informações na Internet ao invés de procurar um profissional para que esse examine de forma presencial o paciente.

Infelizmente muitas informações na internet são jogadas por leigos que tiveram casos e que muitas vezes nem é o mesmo em questão, já que muitas doenças infecciosas ou parasitárias de cães e gatos cursam com os mesmos sinais e sintomas nos humanos, como por exemplo: falta de apetite, febre, apatia, anemia, entre outros. Ou seja, existem informações corretas que tem fundamento científico, que tem uma escrita específica para a área médica e que podem confundir o tutor que é leigo no assunto, e existem informações totalmente deturpadas que podem ser prejudiciais à saúde tanto do pet quanto do cliente. 

Um exemplo clássico é com relação a doença do carrapato.

Jogando essas palavras na internet, temos vários blogs sobre animais de estimação que descrevem as doenças, os sinais, o diagnóstico e alguns até mesmo o tratamento, mas vários deles tem informações equivocadas que podem induzir o leitor a achar que seu animal de estimação tem essa doença, quando na verdade pode ter outra com sinais semelhantes.

O problema começa a surgir quando, a partir dessas informações, resolvem fazer o tratamento por conta própria. Essa ação pode levar desde complicações futuras a imediatas e, até mesmo, o óbito do animal, dependendo da dose e frequência do medicamento administrado por ele.

Infelizmente, no dia a dia da maioria de consultórios e clinicas veterinárias mostra que, se a pessoa não possui um médico veterinário de confiança, ela pesquisa no Google e automedica antes de buscar ajuda de um profissional. É fundamental abrir os olhos dos tutores para isso e orientar para mitigarmos essa situação que pode sim levar a óbito os animais de estimação.

Em se tratando de saúde seja de seu pet ou sua, busque ajuda profissional porque para se diagnosticar uma doença três coisas são fundamentais:

** A história clínica. Um exame físico (exame presencial). E exame clínico (exames laboratoriais), só assim, o médico veterinário poderá impetrar um diagnostico de maneira eficaz, estabelecer o tratamento e um prognóstico para o paciente.

Informação nunca é demais, porém nunca limite respostas para a saúde de seu pet no Dr. Google.

*** Jamais medique seu animal por conta própria, mesmo que você ache uma foto idêntica do que o seu animal tenha!

*** São vários os riscos de medicar seu pet por conta própria. Pode desencadear desde um quadro agudo e fatal, até um crônico, com sequelas que seguirão o animal por toda sua vida.

*** Não ouça o seu vizinho quando ele tentar te ajudar, dando um palpite que ele tem “certeza” de que é exatamente aquilo que o seu animal tem.

*** Muito cuidado com esses falsos doutores. Cuidado com o Dr. Google!

*** O único que é capacitado para diagnosticar e tratar o seu melhor amigo é o seu médico veterinário!

Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews

Deixe uma resposta