Facebook proibiu comércio de animais na rede social. Porém as vendas não acabaram


Em Janeiro deste ano o Facebook alterou sua política de comércio proibindo a venda de animais na rede social. A informação, divulgada alerta para que “Usuário do Facebook” denuncie sempre que se deparar com publicações de venda de animais.

Mas o que percebemos até este momento é a continuidade desta crueldade em todos os níveis, no território quase sem lei das redes sociais.

Infelizmente pela rede social e ou sites de vendas de “produtos”, não se pode ter ideia nenhuma das condições de cativeiro em que se encontram os animais,uma vez que o comprador teria apenas fotos e vídeos disponíveis que podem ser facilmente adulterados”.

Embora muitas pessoas não saibam, o Facebook tem um link em português onde fica claro que a venda de animais – de qualquer espécie, já que não está tipificado – é completamente proibida na rede social.

Na teoria, portanto, é possível denunciar qualquer página ou perfil dentro do Facebook que esteja oferecendo animais para venda. Isso vale para filhotinhos de cachorros ou gatos e também para galinhas, patos, vacas, porcos e todos os outros.

Na prática, porém, o que se vê é que milhares de anúncios de animais estão na rede social. De qualquer forma, agora sabendo que é proibido, é mais provável que as pessoas tomem coragem para ajudar na denúncia em massa desses anúncios.

O Facebook para que o internauta denuncie sempre que se deparar com publicações de venda de animais.

alerta vale tanto para grupos, páginas ou linha do tempo de qualquer pessoa.
A opção “Denunciar publicação” é acessada por meio de um menu que aparece ao clicar no ícone de uma seta pra baixo, localizado no canto superior direito de cada publicação.

Confira a regra na íntegra (item número cinco):

Itens, produtos ou serviços vendidos no Facebook devem estar em conformidade com os nossos Padrões da Comunidades, bem como com as Políticas de comércio. A venda dos seguintes itens é proibida no Facebook:

  1. Drogas ilegais, prescritas ou recreativas;
    2. Itens de tabaco e parafernália relacionada;
    3. Suplementos inseguros;
    4. Armas, munições ou explosivos;
    5. Animais;
    6. Itens ou serviços para público adulto;
    7. Bebidas alcoólicas;
    8. Itens de saúde para adultos;
    9. Serviços de jogos de azar valendo dinheiro real;
    10. Bens, itens ou publicações que considerarmos que podem ser ou que são fraudulentos, enganosos, ilusórios ou ofensivos; ou
    11. Posicionamento demasiadamente sexual.

Confira aqui:  https://www.facebook.com/policies/commerce

Qual Sua Reação? :O

Ruim Ruim
0
Ruim
Fofo Fofo
0
Fofo
Nerd Nerd
0
Nerd
LOL LOL
0
LOL
Amei Amei
0
Amei
Omg Omg
0
Omg
Triste Triste
0
Triste
Assustador Assustador
0
Assustador
Wtf Wtf
0
Wtf
Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews

Comments 0

Facebook proibiu comércio de animais na rede social. Porém as vendas não acabaram