Luto com animais de estimação doí tanto como o de humanos

Quando animal de estimação morre, sentimo-nos tão vazios como se tivéssemos perdido um filho, um irmão ou um de nossos pais. Experimentamos uma dor imensa que não se pode comparar a nada e que é difícil de explicar.

Especialistas afirmam que a morte de um animal de estimação dói igual à de um familiar. 

Quem tem ou teve animais de estimação sabe que o amor que sentimos por eles é muito grande, afinal eles são nossos companheiros e estão sempre por perto. Pensando nessa relação tão próxima que criamos com nossos pets, a equipe da revista norte-americana Popular Science decidiu investigar com especialistas como lidamos com a morte deles e a conclusão foi unânime: a perda de um pet causa um luto similar ao da perda de pessoas queridas.

No artigo, os especialistas explicam que criamos uma relação muito próxima com os bichinhos pela convivência diária e por conta da rotina que construímos juntos. Afinal, quem nunca saiu de casa mesmo com preguiça só para passear com o animal de estimação e deixá-lo feliz? De acordo com Leslie Irvine, socióloga da Universidade de Colorado-Boulder, esse tipo de atividade em conjunto aumenta nossos vínculos com os pets, da mesma forma que passar um tempo com uma pessoa cria um relacionamento mais próximo com ela.

Mas, para Cori Bussolari, psicóloga da Universidade de San Francisco, não é apenas o dia a dia em comum que nos aproxima de nossos animais. Segundo a pesquisadora, um estudo feito em 2015 pela Science Mag comprovou que quando olhamos nos olhos de um cachorro, o nível do hormônio oxitocina (também conhecido como hormônio do amor aumenta tanto no nosso corpo quanto no do animal. “Eu tenho certeza que se esse estudo for feito com outros bichos, o resultado será o mesmo”, completou a especialista. 

Com toda essa proximidade, amor e carinho que construímos nas relações com nossos animais de estimação, é compreensível que o sofrimento pela perda deles também seja grande.

Para os especialistas, a tristeza com a morte de um animalzinho pode ser ainda mais dolorosa, pois quando perdemos uma pessoa querida, temos rituais que nos ajudam a passar por essa fase ruim, o que não acontece quando um pet morre.

Além disso, muitas pessoas se sentem isoladas durante o luto de um pet, pois ficam com medo de dividir com outras a tristeza que estão sentindo e receberem respostas depreciativas por se tratar ‘apenas de um animal’. Por isso, se um amigo estiver para baixo por conta da morte de um animalzinho, deixe claro que ele pode contar com você.

Não importa se seus amigos ou familiares não lhe entendem ou dizem que você é exagerado por se sentir triste pela morte de um animal de estimação. Se seuanimal de estimação morreu, você deve expressar sua tristeza e confrontar a perda. Tire o tempo que necessitar para atravessar este horrível momento.

Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews

Deixe uma resposta