Nossos amiguinhos também têm tártaro

allanaOlá caros leitores, sejam bem vindos ao portal de Odontologia Veterinária, espero sanar todas as dúvidas e esclarecer tudo o que nossos bichinhos podem ter de problemas odontológicos.

Allana Jessika Bello Lino CRMV-ES 1649 Médica Veterinária
Graduada na Universidade Vila Velha -UVV
Mestranda em Clínica e Cirurgia de pequenos animais na Universidade Vila Velha -UVV
Pós graduada pelo Curso de Especialização em Odontologia Veterinária pela FMVZ-USP
Membro associado da ABOV – Associação Brasileira de Odontologia Veterinária.

Meus amores, hoje para iniciar falaremos de prevenção da doença periodontal, ou seja o “tártaro´´ nominado  na linguagem odontológica de placa bacteriana e cálculo dentário.

A única forma eficaz de prevenção do “tártaro´´ para seu cão e gato é a escovação diária dos dentes do seu amiguinho. O exercício da mastigação ajuda na prevenção, mas devemos lembrar que objetos muito duros, como ossos de bovinos defumados, por exemplo – muito vendidos em pet shop –, podem ocasionar a fratura dentária. Recomenda-se exercícios mastigatórios com rações, brinquedos, bolinhas macias de silicone ou tecidos e biscoitos com adjuvantes dentários na sua composição (chamado Hexametafosfato de sódio encontrado em algumas rações), no entanto, repito que a ÚNICA forma eficaz é a escovação diária!

10411967_337971173023347_7096430925009863021_nA escovação pode ser realizada tanto com a dedeira quanto com escova de cerdas medias a macias e pastas de dente exclusiva para uso de cães e gatos, utilizando-se de movimentos rotatórios na prática da escovação, dispensando-se o enxague.  Animais mais calmos e condicionados a escovação podem também fazer o uso da escova elétrica, isso mesmo ! A escova elétrica promove movimentos vibratórios que são mais eficientes no desarranjo da placa bacterina. Mas lembrem-se que o“tartaro´´, ou seja da placa,  se forma de 24 a 48 horas, por isso a escovação diária se torna imprescindível.Como nossos amiguinhos não permitem uma escovação eficiente de todas as superfícies dentárias, as visitas ao médico veterinário odontologista para avaliação anual é muito importante.

Na próxima coluna saberemos a importância e o que pode causar a falta de higienização da cavidade oral além da tão temida halitose, como problemas em órgãos como coração, fígado, rins e articulações, a perda dos elementos dentários e até uma anemia!
Até a próxima e lembre-se, a saúde começa pela boca!

Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews