Orientações que vão ajudar na massagem no seu cão ou gato

Os animais de estimação são fiéis escudeiros dos donos e necessitam de carinho. Tirar um momento para agradá-lo parece bastante merecido. Segundo estudos, a massagem feita da maneira correta pode melhorar a força, a coordenação e a circulação sanguínea do animal, restaurando a flexibilidade e a elasticidade do pet.

Além de agradar o bichinho, darão uma sensação de bem estar inigualável e podem até auxiliar em problemas físicos ou de saúde do animal (massagem tem benefícios de estimulo neuro sensorial, drenagem limfatica, alongamentos, propriocepção, etc.)

Os benefícios de massagear o seu cachorro são inúmeros, contribuindo para o combate e prevenção da artrite, artrose, problemas articulares e traumas em geral. Além disso, a massagem remove as retenções de líquidos, inflamações musculares e aderências pós traumas e ato cirúrgico.

Caso seja você a massagear seu animal e não um profissional medico veterinário você poderá ter em mãos alguns instrumentos de higiene animal como escova, pente e toalhas. Afinal, neste momento você poderá observar detalhes que nem sempre pode observar, como a situação dos pelos, sensibilidades, traumas o tamanho das unhas entre outros detalhes.

massagem-cachorro-beneficios
A massagem em seu animalzinho deve ser feita em ambientes calmos e tranquilos.

O ideal é começar com carícias, e depois realizar escovação da cabeça até a cauda, você já começará a sentir o seu cão relaxando, então poderá seguir para o próximo passo, que será escovar de plástico delicadamente sobre algumas partes como: orelhas, bochechas, queixo, entre os olhos e depois sobre a cabeça. Massagear vagarosamente as orelhas do seu cão, usando o polegar e o dedo indicador, da base até a ponta.

Após essa fase, acaricie os dedos com movimentos  circulares, bem devagar.

Com um toque suave, você irá perceber se o animal aceita ou não ser massageado em cada uma das partes do corpo.

O sofá pode ser um ótimo local para você retribuir ao animal todo o carinho que ele lhe proporciona. Mas o chão é o mais aconselhado

O silencio e a calmaria é interessante para que o animal se sinta realizado e aproveite bem a massagem.

Se o animal é de grande porte, a massagem pode ser feita no chão, acima de um tapete ou algo que lhe proporcione conforto para um momento agradável.

massagem
Por se tratar de algo que relaxe seu animal ele deve ir com calma para a sessão de massagem. Nada deve ser forçado.

Quando o animal aceitar ser massageado você deve começar a acariciar a região do tórax para que ele se sinta relaxado e só suspiros e espreguiçadas são bons sinais de que ele está pronto para receber uma boa massagem.

Após se certificar de que seu cão ou gato está realmente relaxado você pode começar a acariciar sua cabeça com movimentos circulares feitos com dois os três dedos na região do crânio.

A parte das pernas, um pouco mais sensível, tem que ser tocada com mais suavidade, sempre mantendo os movimentos circulares.

As patas também merecem toques mais suaves, já que os bichinhos costumam machucar as patinhas enquanto andam.

A pressão que você ira exercer na hora de massagear seu pet altera de acordo com o tamanho e com o porte de seu animal de estimação, o profissional medico veterinário poderá te ajudar a dosar esta pressão.

massagem-em-cacahorro
É importante atentar-se com regiões machucadas ou doloridas do animal, não tocando estas regiões para não agravar um trauma já existente e aumentar esta 

lesão.
O foco da massagem deve ser nos músculos e não nos ossos. Ela também sugere que se massageie o pescoço, ombros e patas até que a pele fique mais solta. “foque nas áreas onde existe alguma tensão”. Seu pet, com certeza, gostará.

Por fim, coloque os dedos lateral a coluna do seu cão, e deixe correr os dedos para baixo.

Importante:

Alguns animais adoram massagem, porém outros podem não gostar, o importante é que sua vontade seja respeitada. E a melhor maneira de terminar uma massagem, é com movimentos suaves da cabeça até a cauda.

As massagens nos pets trazem muitos benefícios tanto para os donos, que sentem a diferença em seus bichinhos, como também para a vida do animal, são utilizados vários tipos de massagens, que na realidade, acabam se tornando uma espécie de tratamento.

Benefícios

A quem diga que a massagem é um mimo desnecessário, porém os donos juram que os tratamentos realmente funcionam, e rendem bons resultados. São tratadas as ansiedades e estresses dos animais, assim também como agressividade e hiperatividade, pois a massagem relaxa os músculos, e deixa o animal bem calminho.

Além de benefícios terapêuticos, o resultado também é muito bom em alguns casos de saúde, como dores no corpo e coluna, ou em cães com dificuldades de caminhar, comer e com falta de energia. E também, é possível se identificar por meio de massagens, algumas anormalidades, como edema, alterações na pele, nódulos, áreas sensíveis ao toque, entre outros.

Todas as técnicas auxiliam tanto na parte da saúde do animal, tratando até articulações, como também na parte comportamental.

A massagem é muito benéfica para o animal. Também cria um vínculo de afeto mais intenso com o dono e faz com que o pet se comporte melhor quando for examinado pelo veterinário.

O dono, ao massagear o animal, pode avaliar ainda se há alguma alteração na pele, uma lesao escondida, alguma dor em determinada região, ou então, se há uma sensibilidade maior em alguma parte do corpo. O que, sem dúvida, favorece muito o bem-estar do bichinho.

Por: MV.Maria da Gloria Alves Cunha CRMV-ES 0264 – Clínica Geral, Profilaxia,Homeopatia, Acupuntura,Reabilitaçao e Fisioterapia Animal,Maquiagem Pet – CONSELHEIRA EFETIVA CRMVES, SECRETARIA ANCLIVEPA-ES, VICE PRESIDENTE SOMEVES

Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews