Para superar a depressão e o luto, idosa ganha cão de presente do neto

“Ela não conseguia parar de chorar lágrimas de felicidade.”

Desde 2011, Matthew McVey acompanha o luto da avó Shirley, após a morte do marido. A situação só não ficou mais grave, pois a idosa tinha a companhia de Kinsey, seu cãozinho de estimação. Há um mês, ele também partiu após uma convivência de 14 anos com Shirley.

“Ela estava sempre chateada e dizia que às vezes se sentia vazia. Kinsey foi realmente a única coisa que a fez feliz”, declarou McVey ao site The Dodo. Para amenizar o sofrimento, a família de Shirley foi até um abrigo de cães escolher um novo amigo para ela. Logo que as irmãs e a mãe de McVey avistaram o pequeno Sammy, foi amor à primeira vista. 

Para superar a depressão e o luto, idosa ganha cão de presente do neto. Foto: Reprodução

A idosa estava no hospital, se recuperando de um problema de saúde, quando foi surpreendida com o cachorrinho. O vídeo foi registrado pelo neto e compartilhado nas redes sociais. E é impossível não se comover. No momento, Shirley estava com um caderno de notas, ao lado do leito. Ao ver o novo companheiro, abandona os óculos, sorri e estende as mãos para abraçá-lo. 

“Ela está muito feliz agora por ter um cachorro de volta em sua vida”, comentou o neto de Shirley. Sammy ficará alguns dias com a família de McVey até que a avó saia do hospital. 

A sensação de vazio e a saudade que nunca vai acabar podem deixar a pessoa com um diagnóstico de depressão e, em alguns casos mais graves, levar ao suicídio. Por isso, buscar ajuda profissional é muito importante. Ao mesmo tempo, diversos estudos comprovam que a presença de pets pode contribuir muito para a melhora do humor. A solidão pode ser compensada com o cuidado que a pessoa tem com um animal de estimação e o carinho que receber dele.

Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews

Deixe uma resposta