Inverno: Banho e Tosa vão além da estética e devem ser mantidos mesmo na época mais fria do ano 

O inverno chegou! Será que Banho e Tosa deve ser suspenso durante o inverno? Não é apenas uma questão estética. O banho e a tosa contribuem com o bem-estar do bichinho, por isso são práticas necessárias, independentemente da estação do ano. Até mesmo no inverno.

“Sim, importante no verão e no inverno também. É preciso continuar os cuidados, visto que, se não realizados adequadamente, podem surgir problemas de pele, causados por bactérias e fungos, que são muito comuns. Nos dias mais frios, os cuidados são diferentes, mas não devem ser suspensos”. Foi o que afirmou a médica veterinária Amanda Borsoi do MyPet Vila Velha no ES. 

Fotos de nossos leitores do grupo “Eu e meu animal somos Felizes e Saudáveis”

Brigite e Fred da mamãe Suzana Vaccari

Segundo Drª Amanda o banho e a tosa são necessários ao longo do ano todo, durante o inverno os cuidados são diferentes, mas não devem ser suspensos.

“Veja bem, mais do que a beleza do animal, é uma questão de saúde. Esta ação garante a higiene completa e não deve deixar de ser feita. As opções variam no tamanho do corte e também depende da opção do tutor. Ao mesmo tempo, deve-se escovar o animal com frequência, para retirada de pelos mortos e também para verificar presença de pulgas e carrapatos”.

“Não esquecendo que existem produtos específicos para eliminação desses parasitas, deixando os nossos pets sempre protegidos. A frequência varia conforme a pelagem e a raça do pet, geralmente uma vez por semana, banhos inferiores a este período não são recomendados, a menos que o animal esteja em tratamento dermatológico e o médico veterinário recomende um intervalo menor”, enfatizou a médica veterinária.

Maby filoha de Barbara Dasmasceno

Banho

O banho não precisa ser tão frequente quanto no verão, mas ele é importante principalmente porque a pele e pelagem do animal ressecam com o frio, e com isso podem ocorrer alergias de pele causada por bactérias e fungos presas na pele e nos fios da pelagem causando um desconforto ao animal e até problemas mais sérios.

Para os donos que tem o costume de por roupinhas no cão durante o inverno, o cuidado é que dependendo da pelagem, pode causar nós e quedas no pelo, danificando toda estrutura da pelagem, sendo assim, se não for tratada por meios de hidratações, cauterizações e entre uma infinidade de tratamentos estéticos que se tem hoje em dia para seu melhor amigo, pode também agredir e causar problemas na pele e em toda pelagem.

Se o banho não for em casa, certifique que o local tenha toda estrutura e suporte para o seu pet. Incluindo: climatização, água morna, toalhas higienizadas e embaladas individualmente, e os melhores produtos. Garantindo assim o máximo de cuidado e conforto na hora do banho.

O fofo José boby da mamãe Alessandra Belo de Souza

Tosa 

Assim como no verão, a tosa é fundamental também no inverno. Para enfrentar o frio, a sugestão de médicos veterinários e tosadores é reduzir a quantidade de pelos retirados.

Se nós humanos sofremos com o frio desta época do ano, com os pets não é diferente. Entretanto, a pelagem por si só já é capaz de segurar a temperatura corporal. E é nessa hora que surge a dúvida para muitos donos de cães: tosar o animal ou deixar o pelo crescer para enfrentar o clima do meio do ano?

Mesmo com as temperaturas mais baixas, o corte dos pelos deve ser feito. Além disso, a tosa garante a higiene completa do pet, a mais popular, a Tosa Higiênica, além de acertar as pontas do pelo, inclui unhas cortadas e ouvidos limpos. Por não diminuir o comprimento dos pelos, o dono do cãozinho não deve deixar de escová-los e precisa renovar a tosa com mais frequência.

As tosas de verão e inverno são praticamente as mesmas, a diferença nesta época do ano são as opções de tamanho do corte. O ideal é que se tire menos pelo, para ajudar os pets a encarar o frio.

Para os cães de pelo longo, a tosa bebê é indicada para os donos que não querem ter muito trabalho com escovações e muito menos deixá-los expostos ao frio. Essa tosa deixa o cão com a quantidade de pelos de um filhote e diminui a tendência de embolar os pelos. Os pelos são cortados, mas ainda continuam com bom comprimento – de um a dois dedos. É ideal para o poodle, lhasa apso, shih tzu, yorkshire e maltês.
 
Portanto, não é porque o clima esfriou que você deve deixar de dar Banho e Tosar seu peludo. É importante que o animal esteja sempre bem cuidado, durante o ano todo!

Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews

Deixe uma resposta