Posso dar comida de gente pro meu cão?

Um fato mundial a favor da saúde dos animais é que mais e mais tutores de cachorros estão parando de comprar alimentos industrializados para cães vendidos comercialmente, por conta dos efeitos nocivos ou da má qualidade nutricional, eles estão voltando a preparar a alimentação de seus animais de estimação em casa, com ingredientes frescos e de boa qualidade.

É difícil resistir ao pedido do cachorrinho, mas saiba que, mesmo que um alimento seja bom para nós, ele não é, necessariamente, seguro para os cães, lembre-se sempre que cada animal é diferente.

Para oferecer alimentação caseira para o cão, ele precisa ser avaliado por um médico veterinário para ele indicar a melhor dieta.

Os médicos veterinários dizem que sim, os cachorros podem comer comida humana ao invés de comer ração (ou para complementar a alimentação), mas é preciso tomar alguns cuidados, além de saber que tipo de comida humana dar ao seu cachorro, para que ele tenha uma alimentação saudável.

A alimentação do cachorro deve ser escolhida criteriosamente, levando-se em consideração a idade, tamanho e atividade do animal. Assim como a boa comida caseira é uma opção saudável e acessível para os seres humanos, é igualmente verdade em relação à comida caseira para o seu cachorro de estimação.

É fundamental ter cuidado é levar o seu cachorro ao médico veterinário para que ele seja avaliado, e para que ele passe a melhor dieta para o seu filho de quatro patas, com sugestão de cardápio e indicação de alimentos, de acordo com a necessidade nutricional dele, que varia de acordo com a idade e a raça.

A quantidade de comida que você deve dar para o seu cachorro vai depender da idade e da raça dele, o peso ideal do cachorro, além de considerar o fato de ele ser mais ativo ou mais sedentário, se ele é castrado ou não, entre outros fatores que podem influenciar no ganho de peso ou no gasto de energia.

Na comida caseira, sem acompanhamento médico veterinário, deve-se ter um cuidado maior na administração de alimentos com gorduras e temperos.

Se o cachorro já é acostumado a comer ração, a mudança para comida caseira para cachorros deve acontecer devagar, aos poucos. Colocar um pouco de comida caseira e depois vai aumentando até os números citados acima. Se o cão começar a ganhar peso, diminua um pouco a quantidade.

Além do fator peso, a idade do cão, se eles são castrados ou não, se são sedentários ou mais ativos, tudo isso influencia no cálculo da quantidade. Um cão ativo gasta muito mais energia, então talvez precise de uma maior quantidade de comida caseira. Da mesma forma, um cão castrado normalmente tem mais facilidade em ganhar peso, então deve ter uma dieta menor e mais cuidadosa.

Importante, evite dar alimentos industrializados e carnes cruas, porque o organismo do cachorro mudou desde a época que eles precisavam caçar a sua própria comida, e as bactérias podem fazer mal para o sistema digestivo do seu animal de estimação.

Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews

Deixe uma resposta