Prevenção de acidentes no Banho e Tosa


Um acidente, qualquer que seja, não ocorre por acaso. Ele é construído a cada momento. Logo, desde o recebimento do pet no Centro Estético até a sua entrega em perfeito estado, devemos estar atentos a todas as etapas dos serviços e suas necessidades e cuidados.

Podemos citar inúmeros acidentes, seja por negligência, desinformação, despreparo ou distração. Todos eles podem resultar em sérios conflitos com o proprietário do pet, indenização e até o fechamento da loja. Então o que fazer? Evitá-los ao máximo, minimizando os riscos até eliminá-los, operando com muito profissionalismo e responsabilidade, considerando o envolvimento afetivo, pois estamos trabalhando com um ser vivo.

Para evitar ou mesmo eliminar esses acidentes devemos terem nosso ambiente de trabalho critérios e procedimentos predefinidos, tais como:

  • Planejamento das atividades: o que fazer, quando fazer, como fazer, por quem…
  • Organização do ambiente de trabalho e padronização das tarefas.
  • Medidas de prevenção: conhecimento e habilidades.
  • Treinamento das equipes de trabalho.

O primeiro passo para a prevenção inicia no recebimento do animal no Centro Estético. Deve mos saber quem é esse animal, suas características e cuidados, para isso a adoção de um check list de entrada de animal é a forma mais segura de evitar acidentes e se precaver de futuras reclamações/problemas. Se você não trabalha com um check list, comece agora no seu Centro Estético a treinar a sua equipe trabalhando com maior segurança.

Hoje vamos falar das queimaduras e feridas que são muito comuns quando a equipe não está qualificada ou devidamente treinada. Elas podem ocorrer de formas diversas, como por exemplo através da ação mecânica das rasqueadeiras e escovas, do secador muito quente na pele do animal, o atrito excessivo de mãos, buchas ou outro instrumento, que podem causar lacerações profundas na pele do animal. Outro cuidado a ser tomado é com lâminas e tesouras no momento da tosa, pois o animal inquieto e a falta de habilidade na sua contenção acabam gerando cortes em diversos graus e muitas vezes há necessidade de socorro médico-veterinário imediato.

Assim, fique atento a algumas dicas rápidas:

  • Evite cuidados com a força empregada durante a escovação, principalmente com as partes mais sensíveis (olhos, focinho, ânus, barriga).
  • Rasqueadeiras, pentes ou escovas inadequados à pelagem doanimal podem provocar arranhões ou fissuras na pele, sendo porta de entrada para bactérias e outros organismos.
  • Evite o contato prolongado do secador quente, principalmente em direção dos olhos, pois pode causar lesão permanente nas córneas.
  • Cuidado com as tesouras e animais inquietos, o profissional tem que ter habilidade, atenção e paciência redobrados.
  • Fique atento com a temperatura das lâminas para não causar queimaduras nos cães.
  • Nunca deixe o cão ou gato sozinho na mesa durante qualquer procedimento.

Rosimeri Maria Baumhardt é médica-veterinária, proprietária da Rosimeri Baumhardt – Centro de Especialização em Pet.

Fonte: http://revistanegociospet.com.br/banho-e-tosa/banho-tosa-prevencao-de-acidentes/ 

Qual Sua Reação? :O

Ruim Ruim
0
Ruim
Fofo Fofo
0
Fofo
Nerd Nerd
0
Nerd
LOL LOL
0
LOL
Amei Amei
1
Amei
Omg Omg
1
Omg
Triste Triste
0
Triste
Assustador Assustador
0
Assustador
Wtf Wtf
0
Wtf
Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews

Comments 0

Prevenção de acidentes no Banho e Tosa