Tutores não procuram ajuda para problemas comportamentais dos gatos

Apesar de terem consciência dos problemas comportamentais dos seus felinos, são poucos os tutores de gatos que procuram ajuda de profissionais para este tipo de problemas. A conclusão é de um estudo recentemente publicado na revista científica Journal of Feline Medicine and Surgery e que teve como objetivo estudar a perceção dos tutores de gatos em relação à utilização de medicação psicoativa e produtos alternativos para o tratamento de problemas comportamentais.

No âmbito deste estudo, os investigadores criaram um inquérito online que perceber qual a experiência dos tutores de gatos dos EUA em relação aos problemas comportamentais dos seus gatos, familiarização com medicação psicoativa e níveis de conforto em relação à utilização de tratamentos alternativos para estes problemas.

Os resultados revelaram que, apesar de estarem conscientes dos problemas comportamentais dos gatos, poucos tutores procuraram ajuda para estes problemas, com apenas metade a revelar que sabe da existência de medicamentos psicoativos para tratar problemas comportamentais em gatos.

Além disso, os tutores que já tinham recorrido a medicação psicoativa para tratar os gatos revelaram estar mais confortáveis com medicação alternativa, nomeadamente feromonas e canabidióis.

Conheça o estudo em detalhe aqui.

Paulo do Amaral

Jornalista fundador do Vida Pet News – O Portal Capixaba de noticias dos animais – https://www.facebook.com/VidaPetNews

Deixe uma resposta